polacodabarreirinha

Poesia, música, gracinhas e traquinagens

sábado, dezembro 27, 2008

A mãe, como sempre, deu aquele show de declamação. Mandou meia dúzia de poemas do Augusto dos Anjos e do Cruz e Souza e levou a galera ao delírio.

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial