polacodabarreirinha

Poesia, música, gracinhas e traquinagens

sábado, novembro 22, 2008

By Daniel Kondo




TAO - O LIVRO:
o caminho da vida e da sabedoria.

“Onde as armas são grandiloqüentes, o silêncio é de morte.”



Lao Tsé incomoda muita gente. Revolucionou o pensamento do mundo, mandou a lógica aristotélica para as cucuias, inspirou Einsten e a sua Teoria da Relatividade e chega aos nossos dias com uma atualidade de fazer inveja. Por ser um dos pilares do pensamento oriental, merece uma leitura atenta e esperta, pois não são poucos os dribles geniais, as rasteiras desconcertantes, as reviravoltas que esse universo vai dar diante dos olhos de quem quer ver como é que é aquilo que não é: o Tao, uma obra capaz de atravessar milênios e se agigantar. Eu, Roberto Prado e Alberto Centurião nos debruçamos sobre ela durante 14 anos e creio que nossa contribuição foi muito além de elucidar significados apenas.

Algumas pérolas:

“Nas formas que Tao mantém,/ você vê Deus Pai em pessoa./Mas como é a forma de
Deus Pai em pessoa?/ Todas as alternativas são corretas.”

“O conservador é escola do revolucionário./ O revolucionário é mestre do conservador./ (...) No pútrido conservadorismo o bem se imobiliza./ Na frívola revolução o que é ruim vira moda.”

“Toda ação armada gera uma reação até os dentes.”

“Há coisas que só o sofrimento ensina./ Tem gente que só morrendo.”

“O homem de Tao deixa Pompéia/ ao humor do Vesúvio./ Atlântida ao sabor das ondas./
A Idade Média com suas próprias pestes,/ para que a faxina faça a limpa/ e a morte sobreviva.”

“O que mais choca,/ o espelho ou o que vão dizer os vizinhos?/ O que pesa mais, o que vai no coração ou o que cai no bolso?/ O que mais dói, a alegria dos vizinhos ou a riqueza dos parentes?”

“A caminho do Céu é inútil ultrapassar.”

“Para o bom, Tao dá o tesouro do mapa.
Para o mau, Tao dá o mapa do tesouro.”


DOIS DOS 81 TEXTOS DE
TAO – O LIVRO.



O Ter Coração

Sábio não tem opinião nem sentimento.
Nem por isso deixa de saber o que o povo acha
E de sentir muito o que o povo sente.

O bem e o mal dos outros
lhe são indiferentes
pois estão fora de si.

O bem está bom.
O mal também.
Para o bom diz: não está nada mau!
Para o mau diz: tenha a bondade!
Tao é a virtude.

A mentira e a verdade dos outros
não lhe são diferentes
pois estão dentro de si.

A verdade é crível.
A mentira é incrível.
Para os honestos diz: é verdade!
Para os mentirosos diz: não diga!
Tao é a fé.

O sábio não precisa viver no outro mundo
Pois este é um mundo bom e verdadeiro.
No coração do sábio cabe todo mundo
e todo mundo sabe quem são seus filhos.




Os Três Tesouros



É verdadeiramente debilóide a unanimidade
quando o Tao se manifesta.
Em uníssono repetem como doidos:
"ele é coisa de louco, muito louco, louco mesmo".

Porque ele é demais
talvez ele pareça louco.
Se ele não parecesse loucura
há muito ele seria o de menos.

Existem três loucuras elevadas
que entesouro a salvo no meu íntimo.
A primeira é o amor, constante brandura.
A segunda é o desprendimento, caridosa reserva.
A terceira é a humildade, poderoso jugo suave.

Com amor enfrento sem lutar
e o medo desaparece sem susto.
Com desprendimento dou sempre sem faltar
e ninguém quer tudo pra já.
Com humildade ensino sem dominar
e o talento de cada um vai por todos.

Lutar sem amor é odioso.
Ser caridoso sem desprendimento é torturante.
Ser poderoso sem humildade é humilhante.
Saber tudo isso e não ser nada disso
é ser um sofredor de conseqüências.

As três maiores forças do Universo
defendem e atacam como se fossem a primeira.
Entre o meu louco amor e Tao
existe diferença nenhuma.
O Céu é o amoroso braço armado
dessa imbatível trindade una.


Lao Tsé – para Confúcio, um dragão inatingível; para os contemporâneos, um espelho de beleza, verdade, saber, bom humor e alta ciência.


Polaco da Barreirinha




1 Comentários:

Às 24 novembro, 2008 , Blogger Bárbara disse...

Thadeu,
Impecável!
Sei que aqui aparece bastante gente enchendo a tua bola ... mas vc sabe que não sou de escrever muito.
Estou comentando porque "Os Três Tesouros" é um golaço.
Bjo,

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial