polacodabarreirinha

Poesia, música, gracinhas e traquinagens

terça-feira, outubro 14, 2008


Recuerdos de Mypycaporay


Aquellas lindas prostitutas de outrora

Hoje estrebucham em el paraguay

Nos infernitos de baja calidad

Viraram brujas sin poder de enfeitiçar


Ai mamãe, mamãe

O que é que eu fiz pra essas ingratas

Nem depois de tantas garrafas

Dão descanso pra minha carcaça


As pernas gordas varicosas já não dançam

Só as pelancas vivem a bailar

Pelos salões mal iluminados

Engambelando mais um trouxa pelo bar


Ai mamãe, mamãe

O que é que eu fiz pra essa ingratas

Nem depois de tantas garrafas

Dão descanso pra minha carcaça


Aiaiai mi madrecita

Que fiz jô de mi bida?


( bira, magoo, thadeu)




0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial