polacodabarreirinha

Poesia, música, gracinhas e traquinagens

quarta-feira, novembro 05, 2008


eu e o thadeu wojciechowski. grande thadeu. adoro esse povo de curitiba. queria que me levassem mais para lá. graaaaaaaaaaaaande thadeu. um dia eu ainda vou conseguir decorar coisas. o cara arrasou lá no cabaré subterrâneo. mandou leminski e augusto dos anjos. e ele mesmo. por enquanto eu ainda tenho que ler - e mal pra caralho. não decoro nem os meus. que dirá os dos outros. li flávio de castro e bukowski. e eu mesma. tudo atropelado, com pressa de sair daquela luz e daquela gente me olhando. meu lugar é aqui atrás da tela e encostada no balcão do bar. lá eu nem me importo que me olhem. aliás, não tem jeito, com todo aquele salto e aquele peito. que pessoa esquisita que eu sou. timidez num corpo de pavão. que pessoa esquisita.


clarah averbuck (exitus acta probat)

1 Comentários:

Às 06 novembro, 2008 , Anonymous Anônimo disse...

vc já comeu essa gatinha, com todo ese papo punk? abraço

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial