polacodabarreirinha

Poesia, música, gracinhas e traquinagens

sexta-feira, dezembro 12, 2008



Saboro Nossuco, segundo a lenda, pensa muito e fala pouco. Adepto da ação, deita-se agilmente na rede para praticar e exercitar suas principais aptidões: meditar, descansar, dormir e sonhar. E como carrega pedras enquanto descansa, escreve. É um homem de grandes convicções. Uma delas é que nasceu para receber presentes e oferendas. Por isso está sempre com aquele olhar pedincha à vista de todos. Seus discípulos dizem que chegar em seu templo na Barreirinha de mãos vazias é encrenca na certa. Fora isso, dizem que é um cara normal, quando não está latindo, mordendo, mijando pelos cantos ou uivando pra lua. Na foto tirada por Saboro vê-se o local onde Buda
teve a sua primeira iluminação.


Poeminhas para Meditação


1.


- Mestre, dá para tapar o sol do sofrimento com a peneira da felicidade?
- Não é possível.
- Mas a ilusão às vezes faz bem...
- Não é possível.
- Então devemos crer que viver é sofrer?
- Não é possível.
- Mas se nada disso é viável, a morte é a única saída.
- Não é possível.
- Fiquei confuso, mestre.
- Agora tudo é possível!

Saboro Nossuco


2.


- Mestre, dizem que o senhor vê tudo claramente.
- Quem disse isso?
- Todo mundo.
- Mas nunca saí dessa vila.
- É que sua fama corre pelo mundo.
- E crês que ela tem algo a ver comigo?
- O senhor pergunta o que não sei responder.
- E queres a resposta?
- O senhor quer?
- O que eu faria com ela?
- Mas eu gostaria de saber...
- E o que farias com ela?
- Poderia responder sua pergunta e matar minha curiosidade.
- Puxa, quanta coisa!

Dez anos depois o discípulo retorna com todas as anotações
e respostas que acumulou em suas perambulações pelo mundo
e, no dia seguinte, vai à choupana do mestre.
Mas antes que abrisse a boca, ouviu:
- Muitos desconheciam minha existência;
alguns responderam que sou um impostor;
pouquíssimos, que minha visão é límpida como as águas do céu.
- Exatamente, mestre! Mas como sabes?
- Palpite.
- E sempre acertas?
- Pouquíssimas vezes.
- Não entendo o que dizes.
- Se para ter certeza eu tivesse que esperar 10 anos por cada resposta,
minha vida seria a mais miserável entre as miseráveis.
E quantos, como tu, estariam dispostos a sair pelo mundo para encontrá-la?
- Sou um tolo, mestre! Toda vila já diz isso.
- Nem todos. Muitos desconhecem sua existência;
alguns dizem que és um impostor;
pouquíssimos, que tua visão é límpida como as águas do céu.
Também andei pesquisando, hoje de manhã.


Saboro Nossuco


3.

- O céu é grande, mestre?
- Cala boca, estúpido!
- É ou não é?
- Quanto precisaria medir para ser grande?
- Incontilhões de anos-luz.
- Pra mim, tá de bom tamanho!
- Estás me gozando, mestre?
- Não, tua resposta é boa e divertida.
- Mas é que me faltam palavras adequadas.
- Ah, faça de conta que estás certo.
- E tu concordarias comigo, mestre?
- De vez em quando.
- O senhor hoje está muito relativo.
- Então, volte amanhã.
- Vais pensar melhor sobre o assunto?
- Não consigo.
- E pra que queres que eu volte amanhã?
- Pra me falares sobre o tamanho do céu.
- Não dá pra conversar com o senhor!
- E o que estamos fazendo agora?
- O senhor, com certeza, está brincando
e eu tentando aumentar meus conhecimentos.
- Em quanto queres aumentá-los?
- Muito, muito. Quero ser um mestre!
- Como quem?
- Como tu!
- Como eu? Estás brincando!


Saboro Nossuco


4.

- Como atingiste a iluminação, mestre?
- Não atingi, fui atingido!
- E o que devo fazer para ser atingido?
- Tente atingir!
- Mas não vejo o alvo.
- É porque estás olhando pra mim.

Saboro Nossuco

7 Comentários:

Às 12 dezembro, 2008 , Anonymous Leila Amaral disse...

Quero um exemplar, Thadeu, por favor!

 
Às 12 dezembro, 2008 , Blogger Bárbara disse...

Thadeu,
Esta 4 é a mais espetacular de todas. Um resumo dos ensinamentos do Saboro !!
Avisa aí que passamos dos 500 acessos ...
Bjo,
Bárbara

 
Às 12 dezembro, 2008 , Blogger Giuliano Quase disse...

saboro-so

 
Às 13 dezembro, 2008 , Blogger Ritalix disse...

Gostei de todos, particularmente do quarto é tudo.
como a arte do arqueiro Zen!
genial Thadeu.

espero ansiosamente o lançamento.
Lugar de destaque na minha estante.

 
Às 13 dezembro, 2008 , Anonymous flavio scoretto disse...

Quero um também.

 
Às 13 dezembro, 2008 , Anonymous Anônimo disse...

Que leva maravilhosa essa do Saboro, Thadeu. Guarde um exemplar pra mim também.

Abraço

Beto

 
Às 13 dezembro, 2008 , Anonymous Anônimo disse...

Lindos lindos lindos!

Maria Luíza

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial