polacodabarreirinha

Poesia, música, gracinhas e traquinagens

sexta-feira, março 13, 2009


Saboro Nossuco nem sempre foi o que é, mas nunca deixou de ser o que seria. Essa integridade espiritual foi constatada muito cedo, quando ele era ainda uma criança.
Por ter reconhecido suas vestes e seus pertences pessoais utilizados em outra vida, ficou provado, para muitos mestres, que ele é a reencarnação do Buda Dainichi. Saboro ri e diz que tudo não passa de conversa mole para boi dormir. Por isso em vez de ir pro mosteiro e recitar mantras, fica de papo pro ar com Deus e todo mundo.



1.

- Mestre, por que existem pessoas que não conseguem ouvir as outras?
- Por egoísmo, ignorância e egocentrismo.
- Tudo isso?
- Só.
- E como se manifestam estas características?
- Vou te dar um exemplo bem simples. Eu te digo que sonhei com um cachorro ou que estou sentindo alguma dor ou algo que o valha. O sábio vai querer saber todos os detalhes sobre o cachorro ou sobre a dor, o local e as circunstâncias do sonho e até o que penso que signifique. O ignorante não. Instantaneamente, ao ouvir a palavra sonho ou dor, vai dizer que sonhou ou que está sentindo uma dor também e vai querer dirigir a conversa, porque seu ego não aceita divisão de espaço ou manifestações de outro.
- Que triste isso, hein, Mestre?
- Mas agora que sabes o que ocorre, a compaixão te alegrará.
- Então devemos aceitar pacificamente o egoísmo, a ignorância e o egocentrismo?
- Nem tanto, mas, pelo menos, não sofrerás. Saberás de antemão o tipo de pessoa que tens pela frente.
- Mas isso não vai contra o ensinamento de não julgar?
- Talvez sim, talvez não, só depende de ti.
- Mas, Mestre...
- Só depende de ti.

Saboro Nossuco


2.

- Mestre, por que olhas tanto para o céu?
- Quanto é tanto?
- Ah, sei lá, mas todas as noites estás aqui.
- Todas? Inclusive durante os temporais, geadas ou céu coberto de nuvens?
- Acho que não... não sei.
- Então porque afirmas o que não sabes?
- Acho que só estava puxando conversa.
- Já sabes o nome de todas as constelações?
- Sim, Mestre.
- Onde está a constelação Máquina Pneumática?
- Ali, ó.
- E Dragão?
- Bem ali.
- E aquelas três estrelas são de que constelação?
- Elas são chamadas de Três Marias, e formam o cinturão da constelação de Órion, o caçador. Seus nomes são Mintaka, Alnilan e Alnitaka. Mas por que perguntas?
- Nada, só estou despuxando conversa.

Saboro Nossuco



3.

- Mestre, por que sentimos tanta dor quando perdemos alguém que amamos?
- Já perdeste alguém assim?
- Meu avô, por parte de pai.
- Choraste muito?
- Na hora não, mas quase um mês depois.
- Acontece muito isso.
- Por quê?
- Porque a dor pode percorrer um caminho na alma que pode ser tortuoso e muito longo ou achar um atalho e encontrar rapidamente a saída.
- Acho que entendo o que dizes. Mas por que fizeram aquela festa quando morreu Mestre Ho Chi Huen?
- Meu Deus!, que porrete eu tomei aquele dia! Eu, Wu e a Mestra Sun Lin quase morremos de tanto rir, lembrando coisas que Mestre Ho dizia.
- E choraste quase um mês depois, também?
- Não, não chorei ainda, porque até hoje vejo Mestre Ho, pelo pátio, cuidando de suas flores e de todos, com o mesmo afeto, a mesma atenção. Seus ensinamentos ainda fazem desabrochar verdades dentro de mim e de muitos outros.
- Puxa, já faz mais de três anos!
- Mas parece que foi ontem.

Saboro Nossuco


4.

- Mestre, por que tem momentos que parecem durar uma eternidade e outros que voam?
- É mesmo?
- Não sentes isso?
- E por que deveria?
- Porque todo mundo diz que isso acontece.
- Eu não digo.
- És o único então.
- E daí?
- E daí que não és a última bolacha do pacotinho, não!
- Essa metáfora foi boa.
- Não fujas do assunto. Falas coisas só para ser diferente dos outros.
Mestre Lin, em resposta, dá-lhe uma bengalada no lombo que foi linda de ver. Mo Tien rola e grita:
- Ai, essa dor não vai parar nunca!
E Mestre Lin, espirituoso:
- É o que dá ser tão relativo.


Saboro Nossuco



5 Comentários:

Às 13 março, 2009 , Anonymous Anônimo disse...

Gosto demais desse Saboro.

Beto

 
Às 13 março, 2009 , Blogger Lucas Jeison disse...

PQP, é um melhor que o outro.Que venha o livro!

 
Às 14 março, 2009 , Blogger Curitiba é um copo vazio cheio de frio disse...

"Saboro Nossuco nem sempre foi o que é, mas nunca deixou de ser o que seria." TAQUEOSPA, Polaco !!
Fiquei 5 minutos só aqui ... nesta frase ...

 
Às 14 março, 2009 , Blogger kusum disse...

Comungo em generonumeroegrau com Bárbara. Taqueospá, T.W. Clareada geral hein? Karácolis.

 
Às 17 março, 2009 , Anonymous Anônimo disse...

saboroso demais para o coração, alma,
nervos, células, mente...

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial