polacodabarreirinha

Poesia, música, gracinhas e traquinagens

terça-feira, outubro 14, 2008





hoje


não vou pra maracangalha/ nem pra puta que pariu/ e nem ver se tem alguém na esquina// hoje eu preguei um pé no chão/ e vou ficar /andando em círculos /como um cachorro louco// a terra que gire como quiser //no máximo/ eu vou até a cozinha pegar uma cervejinha/ mas antes vou ter que serrar /a perna afixada

thadeu w





0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial