polacodabarreirinha

Poesia, música, gracinhas e traquinagens

domingo, março 01, 2009




o poeta não mora mais aqui

estou aqui, pé ante pé,
diante da janela aberta
escrever é um ato de fé
se você faz a coisa certa

não espere uma receita
nem mesmo um conselho
tudo que um poema aceita
sai da cartola como um coelho

digamos que eu lhe diga
“o poeta é um deus torto
sua pobre alma mendiga
migalhas do próprio corpo”

quem sabe você risse de morrer
ou talvez chorasse de emoção
mas sempre é prazer de escrever
com as palavras que tenho à mão

mais que isso não devo dizer
mas pode ser que, em meu nome,
um sentido maior, sem querer,
sacie totalmente a sua fome


Antonio Thadeu Wojciechowski

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial